venha seguir esse espaço! clik aqui!

quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

“Quanto vale a verdade, pra você?”


“Quanto vale a verdade, pra você?”

"Quanto vale a verdade, pra você?”


Tem uma máxima no Evangelho que é – “Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará”. De fato,
essa é uma das expressões mais ricas do cristianismo. Na verdade, na verdade... Dizia sempre Jesus
enfatizando algo que seria de riquíssimo valor. Bem, a questão é – “Você e eu, queremos de fato a
verdade pra nossas vidas?” Isso é algo tão sublime, forte e ao mesmo tempo, surpreendente, que
pode sim, em alguns casos, ser engano pra própria alma. Pois, digamos que, pra que você precisasse
se encontrar com Jesus, e todos nós realmente precisamos... Digamos que, você consegue ver
algumas coisas que realmente terás que deixar para encontrar-se com Cristo. Por favor, não nos
enganemos, o cristianismo é de uma expressão, de uma realidade que, se algum e ou, se alguém,
está pregando, ensinando o Evangelho que se chama de Jesus Cristo, e por favor, não nos
equivoquemos, não há evangelho dos “últimos dias!”O Evangelho é Hodierno, atual e renovador,
desde os idos tempos, desde os dias mais remotos, quando Jesus se expressou... “Conhecereis a
verdade...”

Se essa verdade lhe indagasse seus modos de vida, seus valores, seus comportamentos... Qual seria
de fato e de VERDADE a sua resposta? Não precisa me responder, por que, de alguma maneira, essa
pergunta já lhe foi feita no momento que leste: “Conhecereis... E a Verdade vos libertará!” O que fica
de fato é a nossa resposta, pois a frase, a franqueza do que, representa ser cristão, ser verdadeiro e
ser de Jesus, não é o fato de irmos a uma congregação, não é o fato de termos o nosso nome em
algumas das congregações, denominações... É muito além do que isso! É muito mais que, dizer,
Aleluia! Glória a Deus! É muito além do que as roupas que vestimos, as frases que dizemos ( e muito
dessas são puros jargões!), bem, chegamos até aqui, por uma questão muito simples... Quando eu,
você, o Espírito de Deus demarcou esse encontro e confronto, fica vicário, puro, direto, pronto, “já-
é!” que, Fora o próprio Deus quem esta nos dizendo isso! Quando alguém quer ouvir Deus falar
consigo, basta que leia essa frase que, a conversa franca e direta e o papo-de-Deus inicia-se contigo,
consigo, conosco e sempre. Por quê? Por que, Ele escolheu momentos como esse pra vos dizer – “Te
amo!” Mesmo que as inversões desse mundo digam, não!” Tem uma canção que eu adoro, quer
dizer, gosto de ouvir, “Eu escolho Deus!” Se eu escolho Deus... A verdade é que, Ele nos escolheu
para as boas obras e para que andássemos Nelas!” Isso é o evangelho confrontando o homem e
ensinando o mesmo a caminhar o caminho do encontro com o próprio Deus! O caminho da
reconciliação e paz! Mas, não nos enganemos! A questão preciosa e primaz é – “Conhecereis a
verdade e...” Sim, o que faremos, quando a verdade nos confrontar, primeiro quando a nossas
justiça em nada vale, pois em Isaías, diz: “As nossas justiças são como trapos de imundície para
Deus!” Se isso é a verdade e eu creio que sim, é! Não é por causa de meus bons comportamentos, de
minhas boas realizações! Mas, por causa da justiça feita pelo sangue de Jesus que, me purifica de
todo o pecado e quando eu, de fato e de verdade, creio nisso e vivo, confiando nessa graça que, eu
nada merecia, senão a condenação e Ele, Cristo jesus morreu para que, pelas suas pisaduras
fôssemos perdoados, tratados e reconciliados com Deus. Quando eu faço a opção de dar razão a
Deus, e como diz a canção “eu escolho Deus”, eu deixo-me dominar por essa graça avassaladora
que, transforma o homem, a mulher... Eu sei que, continuo pecador, mas a diferença que, já não sou
mais, escravo do pecado! Essa graça transforma mesmo o viciado, o adúltero, o homossexual, a
prostituta, o ladrão, o mentiroso, o legalista, o maldizente, o mentiroso, etc. Transforma todo aquele
que nele confiar. Se a verdade chegar à tua casa, À tua tenda.... À sua vida! Faça-se o favor de
permitir que, Ela te leve pelos caminhos do encontro com Deus, com a mudança de vida e digo-lhe
que, quem assim o faz, a si mesmo, fez o melhor que poderia fazer nessa vida! Antes de terminar,
quero apenas abrir um “leque”, se é que, posso usar essa Palavra. Mas, eu sei que, as indagações
que fica é... Mas espere aí, Julio! O lugar que, mais vejo agir dessa e dessa maneira é dentro das
chamadas, casas de religião, de encontro com Deus, onde a promessa que fica é de que são libertos,
que são amáveis e etc. Mas o testemunho desses... Está longe de ser de libertos, amáveis e de que,
foi alcançado por Deus! Bem, meu leitor ou, leitora. Não irei me alongar, mas a questão é que, o
próprio Cristo que é a própria, VERDADE, já afirmou isso.“Muito me dirão que, em meu nome
expulsamos demônios, falamos em línguas e pregamos em seu nome e etc.” Todo mundo sabe que,
estou relendo o evangelho de Mateus, quando assim digo! Jesus não nos enganou quanto a isso, por
que, Ele mesmo é a Verdade! E nos escritos de Paulo, apóstolo, ele também afirma, “Nos últimos
dias, aparecerão falsos mestres...” Jesus disse que, muitos viriam em nome Dele e? Que estes em
nada tem com Jesus! O Próprio Jesus chega a afirmar em sua palavra em respostas a essas pessoas
– “Afastai-vos de mim, por que, jamais vos conheci!” "A questão não é como os falsos vivem, mas
como os verdadeiros queiram viver!” (Czar D’alma). Já dizia um teólogo europeu – “Um homem mau
fazer algo bom é pior do que, um homem bom fazer algo ruim!” Parece inusitado, mas é assim que a
gente cogita, pensa e considera na alma, quando pensa que, essas pessoas que, andam por aí,
falando em nome de Jesus e eu, temo que, eu algum dia venha a cair nessa “onda” e parar e não
olhar pra dentro de mim, como diz, as escrituras – “Quem está em pé cuide que não caia!” Mas a
mesma Palavra de Deus afirma, “Filhinhos não pequeis, mas se algum pecar, temos um advogado
junto ao Pai, Jesus Cristo, o justo!” Sim, por isso, tememos e aperfeiçoemos em nossa salvação
conforme em Filipenses capítulo 2 e, versículo 12, parte b, “Desenvolvei a vossa salvação com temor
e tremor”. Bem, claro está que, precisamos da graça e verdade em Jesus, senão, ninguém poderia
ser salvo, no entanto, eu e você estamos aqui de frente com esse texto, essa pérola do cristianismo
–“Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará”. Sim, coloquemo-nos diante dessa palavra e
peçamos à Deus que, pelo seu Espírito ele faça essa obra em nós de nos libertar de tudo aquilo que
nos embota e impede na caminhada cristã. A minha oração nessa hora é: “Seja a verdade de Cristo a
minha bússola para que, encontremos a salvação Nele, pois, aquele que começou a boa obra a
aperfeiçoará até o grande dia! Por que sei que, em mim, nada há que possa por si mesmo, me
salvar, senão, Jesus que me direciona, me dá sua mão e me faz andar sobre as ondas da vida,
mesmo que o mundo e as coisas ao redor, digam, NÃO! Eu tenho pela fé, o SIM, em Cristo e não por
meu merecimento, mas pela Graça! Não confio no que eu posso fazer por mim, mas no que, Jesus
fez!” Deus nos ampare, por que os dias são maus, as pessoas frias, os homens ambiciosos e não há
quem pense em Deus, mas eu louvo a Deus pela tua vida que, compartilhou comigo e conosco esse
“alimento da fé” em Cristo Jesus, meu Salvador e Senhor e que, Ele nos guie em toda a verdade,
mesmo aquelas que, não conseguimos mudar, mas confiemos nele e Ele, fará segundo o bom
conselho de Deus!” E Não poso deixar de dizer, TE AMO em Cristo! Um amor que, não é como o
mundo conhece... E Isso nós falaremos em tempo oportuno ou quem sabe, tu me mandas um e-mail
e compartilhemos mais e mais dessa graça e verdade, em Jesus! Eu sou o Julio Cezar, servo de Deus
e conservo de meus irmãos em Cristo Jesus. Pecador, mas perdoado. Que o preço dessa verdade que,
Cristo derramou no calvário, seja a tua vida entregue a Ele, por que, ele pagou o preço de nossa
verdade, liberdade e salvação! Esse é quanto vale pra mim a verdade – “Toda a eternidade!” Até
mais e,

Paz e fé!

Sem mais,

Julio Cezar, vulgo, Czar D’alma, poeta.

fale comigo pelo e-mail - poetaczar@gmail.com

Soli Deo Gloria & carpe diem.
Shalom Adonai.


Nenhum comentário:

Postar um comentário